22
Abr 13

A nossa companheira Berta Cabral, tomou posse para a mal-agradecida e dura tarefa de participar na “REFORMA” ou melhor, na ingrata empreitada de cortes nas forças armadas. Berta Cabral, vai precisar de muita sorte para lidar com um ministério (forças armadas), a receber um corte nos próximos meses no valor de 160 milhões de euros, isto, numa prespetiva positiva do PIB a crescer em termos normais a 1,9%, além da obrigação de reduzir para o máximo de 32 mil militares e, diminuir em 70% o orçamento com os quatros de pessoal civil. Com esta cartada, Passos Coelho, lançou o osso duro de roer a Berta Cabral, de forma a tentar a indulgência dos danos causados nas eleições regionais ao PSD- Açores. Indeminização demasiado simbólica que não repõe; primeiramente ao dolo ao PSD-A e, segundamente, uma secretaria me parece coisa muito pouca para o estatuto curricular da perseguem. 

publicado por CABO VERDE NOVOS RUMOS às 18:42

Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19

21
23
24
25
26
27

29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO